segunda-feira, 24 de agosto de 2015

IMPORTANTE

PARA NÃO CRIAR DESAVENÇAS,GOSTARIA DE INFORMAR A TODOS OS LEITORES E SEGUIDORES DE MEU BLOG, QUE AS POSTAGENS AQUI EDITADAS NÃO SÃO DE MINHA AUTORIA, SÃO POSTS DE OUTROS BLOGS AO QUAL FUI ARQUIVANDO AO LONGO DO TEMPO. CASO ALGUEM SE SENTIR PREJUDICADO COM AS POSTAGENS, PEÇO QUE ENTRE EM CONTATO COMIGO QUE DAREI OS DEVIDOS CREDITOS A MESMA OU EXCLUIREI CONFORME ME FOR
SOLICITADO.  

sábado, 17 de agosto de 2013


Flores de Caixa de Ovos


Arranjos feitos om flores de caixa de ovos. 
Rosas pintadas com tinta spray automotiva.




Veja o passo a passo nas imagens.

Material:

  • 2 bandejas de ovos
  • pistola de cola quente
  • bola de plástico ou isopor
  • palitos de churrasco
  • palitos mais grossos para o enfeite do baldinho
  • tinta spray automotiva dourada
  • vasilha plástica conforme a imagem
  • estopa
  • juta
  • gesso
  • fio de sisal


 Faça o corte da bandeja conforme a imagem demonstra
 Corte as bordas das flores
 Dobre ao meio conforme a imagem demonstra
 Temos aqui as partes necessárias para montar uma rosa. Uma inteira fechada, uma aberta e uma cortada ao meio.
 Use o pau de churrasco para fazer as dobras que mostra a imagem
 Veja a montagem. Cole com cola quente.

 Pinte com spray dourado (o prata não ficou bom)


 Corte a juta em quadrados
 Dobre e cole as pontas
Em seguida, ao meio novamente
 Com as rosas prontas, cole na bola com cola quente
 Tente arrumar uma embalagem plástica conforme a imagem, e forre com juta, decore conforme a imagem ou a seu gosto
 Desfie o saco de juta
Coloque o gesso no fundo do baldinho e finque o palito mais grosso forrado com sisal (só na parte que fica para fora do gesso). Espere uns dois minutos até que o gesso dê uma secada para soltar. Após seco, forre o pote conforme a imagem demonstra.
Decore
 Forre o fundo com juta


Podemos fazer esse tipo também:












quarta-feira, 14 de agosto de 2013

MOLDES DE BORBOLETAS

CONFORME PEDIDO DA MINHA AMIGA MARISA,AQUI VAI ALGUNS MOLDES QUE ACHEI BEM BONITINHOS...


quarta-feira, 7 de agosto de 2013


Como fazer farinha de cascas de ovos

Padrão
As cascas de ovos possuem nutrientes essenciais às nossas plantas. Elas são ricas em cálcio, potássio e magnésio. As galinhas poedeiras comerciais são alimentadas com rações concentradas e enriquecidas com minerais que deixam as cascas dos ovos ainda melhores. É claro que você pode e deve utilizar as cascas de ovos de suas galinhas domésticas também, obtendo assim uma farinha ainda mais orgânica, mas para a grande maioria dos jardineiros, criar galinhas em casa pode ser um pouco difícil.
Para que as plantas possam absorver todos estes nutrientes, as cascas deverão estar intimamente ligadas ao solo. Assim, quanto maior o contato das cascas com a terra, mais disponíveis estes nutrientes estarão para as plantas. Um maneira simples de propiciar que isto aconteça, é transformando as cascas em pó. Desta forma teremos uma preciosa farinha, ecológica, barata, rica em minerais, para fertilizar canteiros, hortas, vasos, árvores, orquídeas, etc, adubando assim a grande maioria das plantas que temos em casa.
Coloque em um saco plástico e quebre grosseiramente com as mãos
Coloque em um saco plástico e quebre grosseiramente com as mãos
O primeiro passo na produção da farinha de cascas é colocar as cascas para secar à sombra, sempre que tivermos disponível. Não devemos colocá-las no sol, pois as cascas possuem uma pequena quantidade de nitrogênio, que poderá se perder. Não é conveniente guardá-las para secar depois, pois a decomposição das partes orgânicas ainda úmidas poderá provocar mal cheiro e atrair animais indesejados, como moscas. Vá secando e guardando depois, até obter uma boa quantidade que mereça ser processada.
Assim que você tiver uma boa quantidade de cascas (uma duzia já é interessante), coloque-as em um saco e quebre-as apertando com as mãos. Não se preocupe em moe-las bem, pois logo após elas vão para o liquidificador. Coloque-as aos poucos no aparelho e bata até tranformá-las em pó. Se as cascas estiverem ainda úmidas, pode ser difícil bater no liquidificador, e uma secagem maior pode ser necessária. Agora que você obteve esta maravilhosa farinha, coloque-a num vidro com tampa, e guarde-a num lugar fresco.
Bata no liquidificador até obter o pó
Bata no liquidificador até obter o pó
Para usar é bem simples. Uma colherinha de café nos vasos pequenos e duas ou três em vasos maiores. Faça isto uma vez a cada 40 dias. Se você diminuir a dose para meia colherinha, poderá aplicar nas plantas a cada 20 dias.
Siga observando suas plantas e veja como elas reagem a este novo estímulo. Você mesmo poderá decidir a periodicidade da aplicação da farinha de cascas de ovos, observando a vitalidade de suas plantas.
No preparo da terra ou substrato para jardinagem ou vasos, coloque 50 gramas para cada 20 litros de terra.
Uma colher de chá por vaso é uma boa maneira de começar a adubação
Uma colher de chá por vaso é uma boa maneira de começar a adubação
Este rico fertilizante natural, poderá também ser utilizado em hortas e pomares. Os vegetais folhosos, como couve e agrião, terão um benefício especial com este fertilizante. Em hortas poderá ser usado até 50 gramas por metro quadrado, e em frutíferas 50 gramas a cada 2 ou 3 metros lineares.
Algumas raras plantas podem não apreciar a leve alcalizinação do solo que as cascas podem provocar, é o caso de azaléias, prímulas, gardênias, plantas carnívoras, entre outras. Sempre que você ler ou souber que determinada planta gosta de um solo “levemente ácido”, coloque uma quantidade menor de farinha de cascas de ovos para evitar assim alterações no pH do solo.
Boas colheitas!

Twirly Toy



Vocês conhecem este brinquedo?

Poderemos fazê-lo durante o fim de semana, com as crianças!


Como Fazer 








domingo, 28 de julho de 2013

como fazer sabão em pó caseiro e amaciante

Para o sabão em pó:

Você vai precisar de:
  • 500 g de óleo vegetal (usado anteriormente e coado depois)
  • 300 g de amido de milho
  • 75 g de soda cáustica em escamas
  • 60 ml de água
  • 100 g de silicato de sódio
  • 50 g de carbonato de sódio

Para o amaciante:

Você vai precisar de:
  • 5 litros de água
  • 4 colheres de sopa de glicerina
  • 1 sabonete ralado
  • 2 colheres de sopa de Leite de Rosas
amaciante_usar
PASSO A PASSO:
1. Vamos começar com o sabão. Primeiros passos: misture água com soda e bata bem, depois acrescente o silicato e continue a mexer o conjunto até obter uma mistura homogênea.
2. Agora é hora de aquecer a gordura e acrescentar a ela o amido. A mistura deve ser batida, resfriada até 70o C e colocada num liquidificador. Agora entra a solução de soda. Bata bem novamente.
3. O último passo é colocar o pó de carbonato e bater tudo por uma hora. Espere até a mistura engrossar e deixe descansar por 20 minutos.
4. Mexa com força essa massa e deixe descansar até o dia seguinte. Para obter o sabão em pó, quebre essa massa até esfarelá-la de todo.
5. Vamos partir para o amaciante. É importante que o sabonete já esteja bem raladinho. Feito isso, ferva 1 litro de água com ele até dissolvê-lo.
6. Acrescente os demais litros de água fria, o Leite de Rosas e a glicerina.
7. Depois disso, basta mexer bem para obter a mistura homogênea e engarrafar para uso posterior.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Suporte para notebook em papelão, podendo customizar conforme o gosto pessoal. 


obs: aumentar o molde

terça-feira, 9 de julho de 2013


Borboleta de Garrafa PET



Essa borboleta é bem fácil de fazer e fica muito bonita. Eu fiz uma corrente de borboletas, mas dá para fazer móbiles ou imãs de geladeira (nesse caso, é só colar um imã atrás da borboleta). O material é quase o mesmo das mandalas: verniz vitral, pincel de ponta fina, aguarraz para limpar o pincel, tinta relevo ou dimensional, tesoura, garrafa PET, caneta permanente, dessas de marcar CD/DVD, lantejoulas/paetês, e, é claro, o molde de sua borboleta. Há vários na internet, escolha seu modelo favorito, do tamanho que você preferir. No início, é melhor trabalhar com moldes de tamanho médio, não muito pequeno, até você adquirir experiência com o trabalho.




Corte o topo e o fundo da garrafa PET. Descarte-os. As garrafas mais lisas (tipo Dolly) são as melhores para trabalhar.




Depois de imprimir o molde no tamanho que você desejar, posicione-o sob o corpo da garrafa PET e copie o molde com a caneta permanente. Não precisa copiar os detalhes, só o contorno.




Corte o contorno do desenho. É melhor usar uma tesoura média, pois o material plástico é bem duro. Próximo ao corpinho da borboleta, dobre a asa para fora, para dar a curvatura da asa.






Depois, posicione a borboleta sobre o molde e copie os detalhes com a tinta relevo. Não aperte muito o tubinho, para que o traço fique delicado.




Deixe secar e comece a pintar com o verniz vitral nas cores que você escolheu. Pinte uma asa primeiro, deixe secar e depois pinte a outra asa. Não use muito verniz vitral pois o excesso de tinta escorre pela asa devido à sua curvatura.





Quando a tinta secar, você pode adicionar detalhes e brilhos à sua borboleta com o dimensional, lantejoulas e paetês. Essa etapa é opcional.




Se você fizer um cordão de borboletas, fure a extremidade de cima e de baixo do corpinho da borboleta com um prego aquecido numa vela (um prego fino para não fazer um furo muito grande ou um arame fino). Passe o fio de nylon nos furos e escolha um biju bonito para combinar com a borboleta.




Elas ficam bem bonitas penduradas próximas à janelas ou vidraças. Quando bate vento, parece que estão voando!